Prevenção ao câncer de mama mobilizou mais de 100 instituições do Paraná

Postada em 30 out 2014

As ações de prevenção do câncer de mama e conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce da doença mobilizaram durante o mês Outubro Rosa cerca de 100 instituições paranaenses públicas e privadas, clubes de serviço e entidades de classe, com o apoio do Governo do Estado. As mobilizações ocorreram em todos os municípios do Estado, com a entrega de materiais informativos, palestras e iluminação rosa de prédios. 

O objetivo foi lembrar que as mulheres devem fazer acompanhamentos preventivos com regularidade. De acordo com médico mastologista da Secretaria da Saúde, Vinicius Budel, ao procurar o serviço de saúde, a mulher será orientada quanto aos exames recomendados e sua freqüência. Cerca de 95% dos casos diagnosticados precocemente evoluem para cura com tratamento adequado. 

Uma das formas de diagnosticar o câncer de mama é a realização de mamografias de rastreamento. Este exame é oferecido gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e é indicado para as mulheres na faixa etária entre 50 e 69 anos. Mulheres com fatores de risco, como histórico familiar, maternidade tardia ou tratamento hormonal, também devem avaliar com os profissionais a necessidade de exames regulares. 

O Paraná tem hoje 133 mamógrafos à disposição do Sistema Público. Em 2012 foram realizadas 353.638 mamografias. Em 2013 este número cresceu. Foram 370.988 mamografias e 63.445 ultrassonografias de mama. 

Números – O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que o Paraná registre em 2014 aproximadamente 3,5 mil casos novos de câncer de mama. No ano passado, 825 pessoas morreram no Estado em decorrência do câncer de mama. Em 2012, foram 818 mortes.

Fonte: AEN

Fotografia: Divulgação

CONFIRA A REPORTAGEM EM ÁUDIO

Comentar


Publicidade